Depilação A Laser Quanto Custa - Características E Preços

Última Atualização: 
2/10/2021
Clique para votar
0
votos estrela

Depilação a laser deixa muita gente curiosa e com muita vontade de experimentar. A maioria das pessoas que desconhecem a técnica, temem algum resultado inesperado ou consequências indesejáveis.

Tanto as pessoas que gostariam de fazer, quanto os profissionais que desejam habilitar-se neste método, podem estar certos que se trata de procedimento depilatório bastante seguro.

É claro que existem riscos, como tudo na vida, mas, é uma técnica muito confiável e devidamente aprovada pelos órgãos de saúde. Se você tem interesse em conhecer de perto a depilação a laser, seja por qual motivo for, aproveite as informações que trazemos neste post.

Vamos falar sobre remoção de pelos, e você poderá entender o que é exatamente o laser utilizado para as diferentes peles.

Você saberá sobre as características da depilação a laser e compreenderá porque ela conquista o mercado de trabalho, fazendo a cada dia novos adeptos.

O que é depilação a laser?

A depilação a laser é um método depilatório realizado com disparos de laser, que, quando aplicados, cauterizam a raiz do pelo, impedindo o avanço de seu crescimento normal.

Apesar de ser considerada técnica de depilação definitiva, o procedimento não faz cessar o crescimento do pelo na primeira sessão. Algumas sessões são necessárias até que o fio cesse completamente seu crescimento.

Além disso, os fios não caem imediatamente após a sessão, caem gradualmente, com o passar do tempo.

Como funciona?

Esta categoria de depilação é indicada para diversas partes do corpo, sendo assim, pode ser realizada em axilas, pernas, áreas pubianas, virilha, barba, costas, entre outras.

O aparelho emite feixes de laser em elevada temperatura, porém, a radiação envolvida não é prejudicial à saúde. A técnica usa amplificação de luz e calor.

Dessa forma, constitui método seguro, não causando males para a pele. Quando o método é aplicado corretamente, por profissionais preparados e com equipamentos de depilação adequados, não oferece riscos.

No decorrer do processo, um equipamento apropriado emite feixes de luz, atraídos pela melanina, que eliminam os folículos pilosos, situados sob a pele, e os neutralizam, desativando o crescimento de novos fios.

Como é feita a depilação?

Antes de iniciar o tratamento, uma avaliação é necessária. Nesta análise, que deve ser feita por profissional competente e capacitado para realização da técnica, a pele é examinada.

Observa-se a pigmentação, se é uma pele pálida, escura, negra, bronzeada, etc., consideram-se também as formas de depilação anteriormente realizadas e o intervalo de tempo transcorrido.

O terapeuta que irá aplicar o laser, precisa fazer uma limpeza na região a ser depilada, para retirar resíduos e oleosidade excessiva.

Depois disso, é feita uma depilação prévia com creme depilatório ou lâmina, para remover os fios proeminentes e permitir que o feixe de luz foque no bulbo piloso. Isso, porque o alvo da depilação deve ser a raiz e não o pelo. Só depois é iniciada a depilação com o laser.

Após realizada a depilação, a pele é resfriada com gel, gelo ou spray. Este é um cuidado adicional, já que geralmente, o próprio aparelho resfria o local depois de cada feixe de laser disparado.

Tipos de equipamentos para cada tipo de pele

Nesta técnica denominada Depilação a laser, são utilizados diversas categorias de laser, pois cada pele requer um tratamento diferenciado de foco de luz. Alguns deles são:

  • Laser Rubi - Utilizado em peles mais claras, com pouca melanina.
  • YAG Laser - Laser usado em peles mais escuras;
  • Alexandrite - Usado em fios mais finos. Não é recomendável seu uso em peles negras ou bronzeadas.
  • IPL- Usado para peles de cor pálida a média.
  • Milesman - Pode ser usado em qualquer ponto do corpo. Empregado para depilar peles morenas ou brancas.
  • Light Sheer - Laser mais popularmente utilizado. Serve para todas as categorias de pele, inclusive negras e bronzeadas.
  • Diodo - Empregado em todas as regiões do corpo, indicado para todas as peles.
  • Laser Softlight - é recomendado para peles com maior sensibilidade. Pode ser usado em pele branca, negra, e também em pele bronzeada.

Quais cuidados são importantes?

Para que a depilação a laser seja realmente eficaz e para que não tenha efeitos indesejados, alguns cuidados são necessários. Principalmente para quem trabalha aplicando esta técnica, precisa estar atento a estas providências anteriores à aplicação.

O que fazer antes da depilação a laser:

Faça uma inspeção em sua pele, na região a ser depilada. Observe se há pequenas feridas, queimaduras ou hematomas, pois o laser não deve ser aplicado na pele machucada.

Sabendo que vai realizar a depilação, procure hidratar-se bem. Estar com a pele bem hidratada é importante para uma boa atuação do procedimento, sem prejuízo para a pele, portanto, nos dias próximos, anteriores à aplicação, beba água e use cremes hidratantes.

Outro cuidado que você deve ter em dias anteriores à aplicação a laser, é evitar depilar removendo o fio pela raiz. Nesse caso, você não deve fazer depilação com pinça, cera ou usando depilador elétrico, que arranca pela raiz. Esse cuidado é porque o laser foca a raiz dos fios.

Evite se bronzear, pelo menos 30 dias antes da aplicação. Isso quer dizer que não vai dar para pegar praia, nem usar bronzeador nos dias anteriores ao tratamento.

Depois do tratamento a laser, evite expor-se ao sol, não se submeta a bronzeamento artificial e procure fazer uso diário de protetor solar e hidratantes.

Se você é depilador e está entrando no mundo da técnica a laser, aproveite as informações acima para orientar seus clientes. Estas dicas também são legais para quem deseja iniciar esse processo depilatório e eliminar os pelos de vez.

Outros aspectos que constituem preocupação são as contraindicações. Será que elas existem para esse procedimento? Vamos ver...

Existem contraindicações?

Por mais avançada que esteja a tecnologia na área da Estética, em qualquer situação de embelezamento sempre há alguma contraindicação. Isso é super normal, já que somos todos iguais, porém diferentes. Cada ser humano possui características específicas que definem sua sensibilidade.

Enquanto alguns têm grande resistência a este ou aquele fator, outros têm a pele mais delicada, mais sensível ou sujeita a determinadas patologias e alterações. Por isso, toda atenção deve ser dada à aplicação desse procedimento.

Depilação a Laser é contraindicado para:


  • Mulheres grávidas e lactantes.

Especialmente a depilação na área próxima à barriga, na virilha e mama. Se você está grávida ou está amamentando, o melhor mesmo é não usar este método.

  • Não é recomendada para Diabéticos.

Podem ocorrer problemas como queimaduras (é muito raro, mas pode acontecer) e para os diabéticos isso é um problema sério.

Além disso, diabetes costuma causar alterações na pele, como pequeninas feridas, erupções, coceira, que impossibilitam a pele de receber esse tratamento.

  • Quem tem pelos muito finos, ou muito claro, não deve se submeter a esta técnica.

É um método contraindicado também para:

  • Os hipertensos ou para quem tem problemas cardíacos;
  • Para quem tem Epilepsia;
  • Não está recomendada para quem usou fármacos fotossensibilizantes no semestre anterior ao tratamento;
  • Vitiligo;
  • Psoríase e outras doenças da derme;
  • Câncer em tratamento;

A Depilação a Laser pode acarretar alguma consequência indesejada?

Essa é uma dúvida que a maioria das pessoas tem. Quem deseja iniciar este procedimento, naturalmente, quer cercar-se de cuidados e ficar por dentro de todos os riscos. Apesar de raros, eles existem.

Podem ocorrer danos como queimaduras, manchas, alterações na cor da pele ou cicatrizes, no entanto, vermelhidão na região depilada não representa problema, é comum ocorrer.

Efeitos colaterais indesejados na Depilação a laser

Uma depilação a laser eficiente e sem problemas depende de muitas coisas. Para começar, podemos dizer que deve ser realizada por profissional competente, capacitado para tal.

Além disso, há riscos de comprometimento da saúde da derme, se:

  • O aparelho estiver mal regulado e a intensidade do feixe for inadequada.
  • O cliente estiver com problemas de pele não identificados antes;
  • Também podem ocorrer problemas se não for utilizado o laser correto para a pele.

Mas, na verdade, este é um método depilatório que conta com muitas vantagens, mas também tem desvantagens. Confira abaixo.

Vantagens e desvantagens

As vantagens são muitas. Entre elas podemos citar:

Vantagens

  • O crescimento dos fios é inibido com o tempo, mas, para isso, várias sessões são necessárias. Em algumas pessoas os fios desaparecem por anos.
  • O resultado é excelente e de longa duração, se comparado a outras técnicas de depilação.
  • Atualmente já pode ser feito em todas as peles. Existe laser específico para pele sensível, negra, clara e morena.
  • O laser ajuda a manter a pele livre dos fios encravados.
  • É um tratamento eficaz e rápido. Alcança grandes áreas em pouco tempo.

Desvantagens

  • Para uma depilação eficiente é necessário longo tratamento, é preciso submeter-se a várias sessões.
  • Os fios não caem imediatamente. Em alguns casos levam até 15 dias para caírem totalmente.
  • É um tipo de depilação de alto custo.
  • Outra desvantagem é que não é eficiente para fios muito claros. Os pelos loiros, grisalhos ou ruivos não conseguem bons resultados.
  • Tem nome de depilação definitiva ou permanente, mas não é bem assim, precisa de manutenção. Novas sessões devem ser feitas depois de um ano ou dois.
  • É um processo depilatório que causa dor e desconforto, mas, isso é normal, não constitui problema. A intensidade da dor é semelhante à dor da depilação com cera. Ocorre porque temos pequenos nervos ligados aos folículos pilosos.

Quanto tempo dura uma sessão?

A duração de uma sessão de laser vai depender bastante do tamanho da região a ser depilada, e do pelo do cliente. Veja alguns exemplos de duração das sessões, conforme partes do corpo.

Pernas - As sessões costumam durar em torno de 45 minutos.

Axilas - 15 minutos no máximo

Buço – 30 segundos

Virilha em torno de 30 minutos

Mas saiba que a duração das sessões, diminuem nas sessões posteriores, pois a quantidade de fios é reduzida.

Quanto tempo demora para os pelos crescerem novamente?

O crescimento dos fios fica reduzido à medida que as sessões acontecem. Você precisará fazer entre 6 a 8 sessões ou mais, para ter a pele lisinha e sem pelos por longo tempo. Isso, no entanto, também depende do fio, e de sua pele.

A frequência das sessões pode variar, mas o intervalo de tempo entre a primeira e a segunda aplicação, geralmente, fica entre 15 a 30 dias, e os pelos crescem menos, a cada sessão.

Depois de um tratamento com várias sessões, o fio volta a crescer depois de um semestre para algumas pessoas, ou um ano, ou dois anos em outras. O retorno dos fios depende também de um resultado eficaz do tratamento. Podem ocorrer depilações mal sucedidas.

Quanto custa em média uma sessão de depilação a laser?

A depilação a laser tem um custo bastante variado. O preço das sessões depende de muitos fatores.

Aspectos como, clínica, localidade, área a ser depilada e, laser empregado na aplicação, interferem diretamente nos valores.

Os preços são, portanto, muito específicos. Podemos encontrar depilação a laser a partir de R$150,00 por sessão.

Depilação a laser é válida e compensa se for considerado o tempo que os pelos voltam a crescer e a praticidade do processo.

Se você tem vontade de trabalhar com depilação a laser, busque mais informações para se profissionalizar e trabalhar com depilação. E se gostou das informações, compartilhe o post.

Fontes

drdanielborgesplastica.com.br espacolaser.com.br GiOlaser Clínicas dermaclub.com.br

Comentários

Ainda não existem comentários neste artigo. Seja você o primeiro!

Deixe um comentário

*Não precisa fazer cadastro.
Estamos analisando seu comentário e jaja ele será publicado.
Oops! Alguma coisa está errada. Verifique os campos e tente novamente!

Siga-nos